Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A galinha da vizinha

A galinha da vizinha

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

08
Abr19

E o Óscar vai para...

Já lá vai o tempo em que seguia as novidades cinematográficas, em que acompanhava à sexta-feira o suplemente cultural de um conhecido jornal, em que estava a par dos últimos filmes independentes e devorava tudo o que havia para ver.

 

Já lá vai o tempo em que conseguia ver um filme do inicio ao fim no mesmo dia, em que não dividia o filme numa série de dez episódios, em que não esquecia o que tinha visto passado duas semanas de concluir o filme. 

 

Já lá vai o tempo em que tinha tempo para demorar mais tempo a ver trailers e escolher o filme, do que a vê-lo (que trocadilho, eihn?!).

 

Mas esta semana algo aconteceu.

 

O mano mais velho não dormiu em casa uma das noites, o mano mais novo estava com sono e foi dormir, pai não estava em casa e mãe, cheia de saudades de uma sessãozinha de cinema, armou-se em corajosa e escolheu um filme para ver.

 

Ainda era cedo, dava para ver grande parte do filme antes de cair num sono profundo, mas não era tão cedo ao ponto de poder demorar duas horas a escolher o filme. A paciência para filmes muito técnicos era pouca, pelo que algo se deu aqui no tico e no teco e a escolha recaiu sobre uma comedia romântica.

 

Primeiros quinze minutos cliché e tal, de repente há uma peripécia da protagonista que deita tudo a perder. Mais vale andar para a frente cinco minutos, depois mais cinco, depois outros tantos... Mas não quero desligar sem perceber o que aconteceu. Pronto, avanço diretamente para ver o fim. Ah! Afinal foi isso! Grande porcaria de filme.

 

Continua a ser cedo, decido dar oportunidade a outro. Comedias românticas não, por favor. Escolho uma biografia, normalmente tema muito apreciado sobretudo se a história decorrer nos anos 70´s/80´s. Parece-me bem, deixo-me envolver pela história, ou pelo menos tento. Não da, não há envolvência possível. Que grande seca de filme. Uns cinco minutos para a frente, mais outros tantos. Mas quero saber o que acontece no fim. Ah! Pois, que final de caca. Ninguém merece.

 

Pego mas é no livrinho que tenho em mão e mantenho a iliteracia cinematográfica até os filhos tirarem a carta de condução e ter tempo novamente de ver trailers e fazer alguma pesquisa antes de decidir qual filme ver.

tv.JPG

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D