Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A galinha da vizinha

A galinha da vizinha

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

14
Mar19

A galinha põe o ovo e o pimpolho papa-o todo!

Grandessíssimos estuporezinhos do marketing dos supermercados, que delineiam as estantes e distribuição dos artigos de acordo com uma série de fatores, entre eles o tamanho dos nossos filhos minions, este post é para vocês.

 

Se fizerem favorzinho, deixem de colocar ao nível dos olhos dos putos merdinhas daquelas que fazem bem aos dentes dos miúdos e às carteiras dos pais.

 

Deixem de colocar carrinhos pendurados em estruturas até ao chão no corredor do azeite, do pão, das fraldas, dos cereais... Se for comprar temperos para a carne assada acreditem que não preciso de nenhum carrinho Hotwheel para dar mais saborzinho ao cozinhado.

 

Deixem de colocar Ovos Kinder em prateleiras de meio metro de altura corredor sim, corredor também. O meu rico filho adora desembrulhar um Ovo Kinder e mordiscar aquilo enquanto andamos nas compras. Normalmente vou a tempo de impedir o estrago, mas ainda há pouco tempo só dei por ela quando o rato já estava todo encolhido ao pé da caixa a roer metade do ovo. Com tanto Ovo Kinder espalhado estou à espera que chegue o dia em que vou a uma casa de banho vossa e que levo com mais uma estante de chocolates ao lado do papel de limpar o rabo.

 

Agradeço também que evitem aquelas mini estantes de três andares com champôs da Patrulha Pata, Super Homem e outras tretas. Vai uma pessoa à parafarmácia deixar meio ordenado em cremes de banho para os putos e depois tem que andar a inventar desculpas para convencer o miúdo a largar uma embalagem do Chase da Patrulha Pata com gel de banho que cheira a bolas de naftalina.

 

Outra coisa que me incomoda assim um bocado são aquelas prateleiras com saquinhos de papa de fruta. Mas será que o meu filho é o único que quer comer uma coisa daquelas sempre que vamos às compras? Penso que é do entendimento de todos que me irrita profundamente pagar o saquinho vazio no final das compras.

 

E não me digam para segurar o miúdo no carrinho das compras, que vos garanto (por experiência própria) que estes artigos que referi, para além de serem acessíveis desde o chão, também estão estrategicamente colocados à altura dos braços dos putos sentados nos carrinhos.

 

Para além do leitor de código de barras, mais vos vale aplicar também um ecógrafo ou uma máquina de Raio-X à saída para cobrar o que vai na barriga dos pimpolhos.

Capture.JPG

*Montagem feita com imagens retiradas do Google

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D